Home
      PER MUSI > Números > Número 5 e 6 > Resumo 6

 

   
  PER MUSI - Número 5 e 6
 

6. Francisco Mignone: experimentação nas três sonatas para violino e piano (1964-66)

Esdras Rodrigues

Resumo: Depois da morte de Mário de Andrade em 1945, Francisco Mignone passa por um período de experimentação que acaba por produzir uma linguagem serial e dodecafônica muito pessoal. Entre 1964 e 1966 ele volta a escrever no gênero sonata para violino e piano, com três peças. Além de sua importância dentro da música de câmara do compositor, as sonatas revelam a técnica e a estética por ele abraçadas durante o período. Esse estudo discute as sonatas e aborda a importância da presença de elementos nacionais dentro delas.

Palavras-chave: Francisco Mignone, música de câmara, Sonatas para Violino e Piano, experimentação, nacionalismo, dodecafonismo.

Artigo Completo > Artigo Completo

 

 

©2010 - PER MUSI - Revista Acadêmica de Música - Escola de Música da UFMG