Violinista e técnico da Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFMG desde 1994.

Iniciou seus estudos sob orientação do professor Tarcísio Viana. Bacharel em violino pela UFMG, na classe de Edson Queiroz.  Participou de Master Classes com os professores Leopold La Fosse, Kennedy Sarke, Airton Pinto, Paulo Bosisio e Daniel Guedes.  Foi integrante da OSMG e Assistente de naipe dos segundos Violinos da Filarmônica de Minas Gerais. Atualmente é Spalla da Orquestra de câmara do SESI-Minas.

Participa ativamente como solista e em grupos de câmara em concertos, ao lado de grandes músicos como Cristina Capparelli, Margarida Borghoff, Alexandre Barros e Eliseu Barros.

Violinista e técnico da Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFMG desde 1990.
Bacharel em violino pela UFMG, na classe do prof. Alberto Jaffé. Mestre em violino sob orientação do prof. Leopold LaFosse (University of Iowa – EUA). Estudou com o prof. Paulo Bosisio por cerca de 10 anos. Especialista em Neurociências pelo ICB/UFMG (2017).
Doutorando na Faculdade de Medicina da UFMG, desde 2019. Como bolsista da Fundação Vitae, OEA e AECI, participou de festivais de música na Espanha, EUA, Japão e Brasil.
Como spalla da Orquestra Ouro Preto, realizou intensa atividade de concertos no Brasil e no exterior; atualmente é violinista e instrutor de sua Academia.
Foi professor e coordenador da área de cordas do CMI/UFMG, professor de violino da FEA, da UFSJ e de diversos festivais de música no país.
É membro da equipe do Ambulatório de Saúde do Músico do Hospital das Clínicas da UFMG e professor de violino da Escola de Música da UEMG.

Violinista e técnico da Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFMG desde 1994.
Bacharel em Violino pela UFMG, pós-graduado em Neurociência e Psicanálise Aplicada à Educação pela Faculdade São Camilo e mestrando em Gestão Social Educação e
Desenvolvimento Local pela UNA BH.
Integrou a Orquestra Jovem do Mercosul e a OJ Mundial (Japão). Como violinista e violista atuou nas orquestras OSESP, Teatro Nacional de Brasília, Brasileira (RJ). Foi spalla das orquestras Ribeirão Preto, UFMG, Sesiminas-Musicoop, OSMG e concertino da OFMG (2008-2012).
Professor de viola da UFMG (2005-2006), de violino e viola do Conservatório Estadual de Música Maestro Marciliano Braga, de violino em diversos festivais brasileiros de música. Regente e coordenador pedagógico da OJ Ramacrisna e da Orquestra de Câmara Sesc-MG. Atua regularmente como intérprete e arranjador de música popular ao lado de grandes artistas: Ana Cristina, Caetano Veloso, Célio Balona, Flávio Venturine, Guilherme Arantes, Lô Borges, Maurício Tizumba e Toninho Horta. Gravou e tocou com o Skank, Tianastácia, Jota Quest, Paula Fernandes, Danilo Reis e Rafael.

Violinista e técnico da Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFMG desde 1994.
Bacharel em Violino pela UFMG, pós-graduado em Neurociência e Psicanálise Aplicada à Educação pela Faculdade São Camilo e mestrando em Gestão Social Educação e
Desenvolvimento Local pela UNA BH.
Integrou a Orquestra Jovem do Mercosul e a OJ Mundial (Japão). Como violinista e violista atuou nas orquestras OSESP, Teatro Nacional de Brasília, Brasileira (RJ). Foi spalla das orquestras Ribeirão Preto, UFMG, Sesiminas-Musicoop, OSMG e concertino da OFMG (2008-2012).
Professor de viola da UFMG (2005-2006), de violino e viola do Conservatório Estadual de Música Maestro Marciliano Braga, de violino em diversos festivais brasileiros de música. Regente e coordenador pedagógico da OJ Ramacrisna e da Orquestra de Câmara Sesc-MG. Atua regularmente como intérprete e arranjador de música popular ao lado de grandes artistas: Ana Cristina, Caetano Veloso, Célio Balona, Flávio Venturine, Guilherme Arantes, Lô Borges, Maurício Tizumba e Toninho Horta. Gravou e tocou com o Skank, Tianastácia, Jota Quest, Paula Fernandes, Danilo Reis e Rafael.

Trompista natural de Belo Horizonte, iniciou seus estudos no Centro de Formação Artística da Fundação Clóvis Salgado. 

É Bacharel em Música – Trompa pela UEMG com o professor Sérgio Gomes.


Em 2003, participou como solista do Concerto Jovens Solistas de Metais, realizado no Teatro Municipal de São Paulo. 

Em 2013 passou a integrar o naipe de trompas da Orquestra Sinfônica da UFMG após ser transferida da Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense onde atuava desde 2005.


Como convidada, tem atuado: na Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, Orquestra Filarmônica de Minas Gerias, Orquestra Sinfônica da USP, Orquestra Bachiana Brasileira, Orquestra Filarmônica do Espírito Santo, entre outras.

Trompista e técnico da Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFMG desde 2013

Gustavo iniciou seus estudos em 1991 na Banda de Música 12 de Março. De 1998 a 2001, cursou o bacharelado em Trompa na UEMG. Participou de aulas e festivais com Adalto Soares, Edward Brown, Eric Ruske, Luiz Garcia, Mario Rocha e Sergio Gomes.

 Atuou junto à Orquestra Sinfônica Nacional, e como músico convidado, na Orquestra Petrobras Sinfônica. Em 2001, venceu o Concurso Jovens Solistas da UFMG na categoria Banda Sinfônica, e um ano depois foi ganhador do 1º Concurso Nacional Eleazar de Carvalho para Jovens Instrumentistas e Regentes, seção Orquestra Sinfônica de Minas Gerais – Modalidade Metais.

Atualmente integra o naipe de trompas da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais.

Clarinetista e técnico da Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFMG desde xxxx

Iniciou seus estudos na Banda de Música 12 de Março com o Maestro Francisco Guimarães. Formou-se no curso básico do CEFAR com o Prof. Walter A. de Souza, é Bacharel em clarineta com o Prof. Daniel Campos na UEMG e Especialização em Docência do Ensino pela Universidade Cândido Mendes. Foi Professor da Classe de Clarineta da UEMG e Professor Substituto da Classe de Clarineta da UFRJ

Foi vencedor, do Concurso Nacional Maestro Eleazar de Carvalho para Jovens Instrumentistas e do Jovens Intérpretes de Francisco Mignone.

Já atuou nas seguintes orquestras: Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, Orquestra Petrobrás, Orquestra Sinfônica Brasileira, Cia Bachiana Brasileira e Orquestra Sinfônica da USP. Foi o primeiro clarinetista da Orquestra Sinfônica Nacional entre 2004 e 2012 e atualmente é o primeiro clarinetista solista da OSMG

Iniciou seus estudos em contrabaixo no conservatório de música Dr. Carlos Campos em Tatuí-SP, sob a orientação do professor Nicolai Chavichenko. 

Graduou-se sobre a orientação de Wilson Aguiar e Fausto Borem em 1995. É Mestre em contrabaixo sobre a orientação da Prof. Diana Gannett e Doutor em contrabaixo sobre a orientação do Prof. Volkan Orhon pela Universidade de Iowa – EUA, deu sequência aos seus estudos em regência sob a orientação do maestro Willian LaRue Jones.

É vice diretor da Escola de música da UEMG, prof. de contrabaixo do curso de graduação; de Analise do curso de pós-graduação e de Pratica em Performance no curso de Licenciatura da mesma universidade.

Foi contrabaixista da orquestra Filarmônica de Minas, de câmara de ouro Preto, SESI-Minas, Opus, entre outras. Atualmente é contrabaixista na orquestra da escola de música da UFMG.

Membro efetivo (oboísta) da Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFMG desde 1986.

Oboísta, pianista, compositor e arranjador, mestre em música pela UFMG. Iniciou seus estudos de piano em 1966 com a profa. Tereza Paula Santos, e continuou no Conservatório Mineiro de Música (1977). Efetuou diversos cursos de composição nos principais festivais de música no Brasil, entre eles os festivais de inverno da UFMG e de verão em Brasília; com renomados compositores como Dante Grela, Lindembergue Cardoso, Hans-Joachim Koelleutter e Rufo Herrera. Estudou oboé na FEA com o professor e maestro Afrânio Lacerda. Bacharel em oboé pela UFMG (1985). Compositor e arranjador com diversos trabalhos interpretados pelas OSMG, OSUFMG, Orquestra Sesiminas e Camerata Latina de Paris e diversos formações de câmara. No campo da música popular destacam-se trabalhos como o Grupo Curare, Grupo Mambembe, Grupo Naquele Tempo e os cantores Sérgio Moreira, Paulinho Pedra Azul, Mara do Nascimento dentre outros. Dedica-se atualmente à composição da ópera “Brasil Século V”, baseada em um musical com o mesmo título do Grupo Curare.

Fagotista e técnico da Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFMG desde 2017

Natural de Belo Horizonte, iniciou aos 10 anos seus estudos musicais na UEMG. Graduou-se em fagote na UFMG, na classe do Prof. Mauro Mascarenhas. Mestre em Prática Interpretativa pela UFRJ, sob orientação do Prof. Dr. Aloysio Fargelande, Mestre em Performance Musical em Karlsruhe (Alemanha) na classe do Prof. David Thomas-Realp. Atuou como músico das Orquestras Filarmônica de Minas Gerais, Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, OSB, Sinfônica do Chile e Sinfônica de Concepción (Chile), Baden Baden Philharmonic e Karlsruhe Hochschule Orchestra (Alemanha). Foi solista da Orquestra da Escola de Música da UFMG e da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. Lecionou fagote na Faculdade de Música do Espírito Santo, Escola de Música de Nova Lima (MG) e Fundação Mannesmann.